terça-feira, 14 de abril de 2009

NOVIDADE- 100% Jovem



PESSOAL...
Vou fazer uma coisa nova que espero que gostem. A minha amiga J. há uns anos atrás em conjunto com três amigas (uma delas era eu) escreveu uma história. Vou começar a colocá-la aqui no blog para quem a quiser seguir.Publico-a em honra desses velhos tempos em que havia tempo para imaginar histórias, criar personagens e colocá-las no papel. Espero que gostem.
(vou passar a postar a historia nas segundas e quintas. podenso haver uma alteração ou outra por vezes)


1

-Achas mesmo que sim? -perguntou a Sara com um ar escandalizado.
-Tenho a certeza que ela gosta dele. Olha ali, está só a olhar para o André! -disse a Cátia apontando para uma rapariga na mesa ao lado.
-Quem? A Rita? -perguntou a Sara com um ar muito espantado.
-Não, o papa! Ai, Sara, tu às vezes és tão dah! -exclamou a Cátia revirando os olhos.- Quer dizer, às vezes...
-Ei, não é preciso ofenderes... -disse a Sara amuada. -Sou só um bocadinho distraída, só isso.
-Pronto! Desculpa, Sara! -disse a Cátia com um sorriso. -Mas é que tanta distração às vezes chateia!
Um rapaz aproximou-se pelas costas da Cátia, fazendo sinal à Sara para se calar. De repente tapou-lhe os olhos com as mãos.
-Ai! -assustou-se a Cátia.
-Adivinha quem é! -disse o Sérgio.
-Hum... Sempre me disseram para não falar com desconhecidos! -brincou a Cátia.
-Então? -perguntou o Sérgio destapando-lhe os olhos.
A Cátia, com um sorriso, fê-lo baixar-se e deu-lhe um longo beijo.
-Oh, és tu... Que desilusão!.. Estou a gozar! -disse ela com um grande sorriso enquanto o Sérgio se sentava ao lado dela. -Estava a ver que nunca mais chegavas...
O Sérgio aproximou-se mais dela, abraçou-a e beijou-a apaixonadamente.
-Estou desculpado? -perguntou o Sérgio com um ar arrependido.
-Mais um beijinho e chegas lá! -disse a Cátia aproximando-se mais dele.
-Estejam à vontade, façam de conta que eu não estou aqui! -interrompeu-os a Sara sorrindo.
-Olá, priminha! Até me tinha esquecido que estavas aí! -disse o Sérgio atrapalhado.
-Eu reparei nisso! -disse a Sara levantando-se. -Mas continuem, não se prendam por mim...
-Que parva! -exclamou a Cátia. -Podes ficar aqui connosco.
-Sabes muito bem que não gosto de segurar a vela! -disse a Sara dirigindo-se ao balcão. -Vá, divirtam-se! Até logo.
-Deixa-a ir! -disse o Sérgio fazendo uma festa na cara da Cátia. -Temos assuntos mais importantes para resolver.
-Ai sim? -perguntou a Cátia aconchegando-se nos braços do Sérgio. -Se bem me lembro estavas a dever-me um beijo...
-Pois... Mas sabes como é, isto com os juros sempre a subir... Acho que um só não chega! -disse o Sérgio.
-Melhor ainda! -exclamou a Cátia beijando o Sérgio de repente. -Temos a tarde toda...
Mais à frente, o Chico e o Ruca estavam a olhar para o movimento do bar.
-Nunca pensei que isto corresse tão bem! -disse o Chico.
-Ya! E nós cheios de medo de não termos clientes, o pessoal abanca aqui todo depois das aulas e no fim-de-semana. Grande ideia a de fazer um bar mesmo ao pé da escola.
-Pois... -concordou o Chico. -Foi minha, não foi?
-Já viste, grande sorte, temos um bar, podemos estar sempre a ver as miúdas giras e ainda por cima temos as bebidas que queremos à borla! -disse o Ruca dando um gole na cerveja.
-Pois... Mas tem calma senão ainda vamos à falência. -disse-lhe o Chico.
-Ok, mano! -disse o Ruca levantando as mãos ao ar. - Não precisas de te armar em chefe, afinal este negócio é da família, não é só teu!
-Por isso mesmo... Vai mas é ajudar o André a servir às mesas que ele sozinho não se desenrasca! -mandou o Chico.


6 comentários:

Mna. Margarida disse...

Como eu detestava a Cátia!
Detesto pessoazinhas indecisas e confusas como ela!...

A Rita é que é uma excelente personagem! =)

--Biscoitinha-- disse...

Agora fiquei curioso!

Faz favor de continuar a contar a historia, ok?

Lilly* disse...

oooh a Catia é fixe ta??? Como muita gente a ira perceber...looool

Lilly* disse...

oooh a Catia é fixe ta??? Como muita gente a ira perceber...looool

Mna. Margarida disse...

Fixe? Que medooooo! Só tu para a perceberes!!

E excusas de escrever duas vezes o mesmo que eu sei ler á primeira tá?

Lilly* disse...

BISCOITINHA: okii eu continuo... mas garanto...é grande a historia...

beijinhos e obrigada po teres seguido