segunda-feira, 13 de abril de 2009

Existem amizades que perduram...

Um dia duas amigas estavam à conversa. Uma contou à outra que o pai tinha arranjado trabalho e que se iria embora!
- Quando nos veremos novamente?
Então, a outra respondeu:
- Consegue ver essas árvores na beira do rio?
- Sim.
- Assim como temos certeza de que no Outono as folhas dessas árvores vão cair, mas mesmo assim as árvores continuarão no mesmo lugar, assim será a minha amizade: presente e constante.
- Mas se eu nunca mais chegar a te ver?
- Se isso acontecer não se preocupe, pois a nossa amizade está gravada em cada um de nossos corações. Não importa se estarei perto ou longe, pois você sempre terá boas lembranças de mim, e as lembranças nós conseguimos guardar com carinho.
Depois da conversa a amiga partiu! Todos os anos naquele dia ela voltava lá. Encontraram-se alguma vez?
Não sei! Mas sei que a amizade delas naquele dia ficou prometida para sempre. As palavras das crianças são puras e sinceras, tal como os corações!

A nossa História! Duas amigas entraram no mundo do secundário com expectativas de conhecer o que lhes vinha pela frente. Uma delas não gostou do que encontrara pela frente. Durante dias e dias chegava a casa com lágrimas a escorrerem-lhe pelo rosto. Queria desistir de tudo aquilo! A separação do passado e da sua meninice estava a ser complicada de ultrapassar. Só a sua amiga de longos anos era permitida entrar no seu coração. Apesar de tudo essa rapariga não desistiu, o tempo foi passando, e por entre risos, brigas, passeios… no final tinha deixado entrar n seu coração mais duas amizades. Passou o primeiro ano, o segundo até que chegou o terceiro. A amizade por uma dessas amigas foi crescendo com o tempo, eram inseparáveis. Tinham tudo em comum, tornaram-se confidentes uma da outra, contudo eram mais que duas irmãs. Tudo o que se passou no decimo segundo ano jamais será esquecido, venha o que vier! O fim do ano chegou mais rápido do que elas alguma vez pensaram. Juras de amizade foram feitas entre lágrimas. A amiga passou e ela chumbou, mas mesmo assim continuavam a ver-se diariamente, pois a amiga tinha tido a sorte de entrar para o superior na mesma cidade. Mas, muitas coisas aconteceram! Certo dia ela começou a afastar-se sem motivo aparente, de tudo e de todos até que de um momento para o outro partiu sem avisar ninguém, sem um “volto já” ou simplesmente sem justificação! Ambas sofreram, sofrera de formas diferentes, medir o sofrimento de cada uma é impossível!! Tempos mais tarde ela voltou, mas não foi ter com a amiga com quem tinha partilhado tudo. Porquê? Por medo… por vergonha de tudo o que tinha passado… pelo medo da reacção…Por tudo!!! A amizade tinha chegado ao fim!....Mais tarde ela tentou manter contacto, após algumas conversas mantiveram-nos mas por pouco tempo, pois outros problemas na vida lhe surgiram. Após outra ausência e de mais magoas acrescentava novamente ainda mais!Por fim, sem obter muitas expectativas de voltar a obter a amizade tentou novamente entrar em contacto. Após várias tentativas e de muitas conversas e lágrimas voltaram a tentar começar tudo do zero como duas desconhecidas. A amiga feriu o seu orgulho ao voltar a falar com ela, será que não a teria esquecido totalmente? Será que uma amizade assim consegue ter fim? Não sabemos! Só sabemos que depois de te dado tantas desilusões, ferimentos, tristezas, hoje falam-se. Não sabemos como vai ser a amizade, não sabemos se a amiga já consegue confiar nela. A amiga nunca lhe fez pergunta alguma do que se tinha passado, estava ferida demais para falar do passado, nesse momento mostrou uma prova de amizade que ela não estava à espera. Mesmo assim ela achou por bem contar o que se tinha passado para justificar uma coisa injustificável. Apesar de nada justificar a interrupção de uma grande amizade! Nada mesmo…

Hoje sei que a amizade vale muito mais que o amor. O amor tanto vem como vai e com o tempo esquecesse mas, a amizade por mais que se pense que acabe, fica!! Se for amizade pura e sincera nunca chegará ao fim!Todos precisamos de amigos! Todos precisamos de saber que podemos contar com a amizade de alguém. Hoje sei que fui injusta com a pessoa que mais confiou em mim e que partilhou tudo e mais, que depositou toda a sua confiança em mim! Sei o que é sofrer por perder alguém por minha culpa, pela minha estupidez, pelo meu egoísmo, por tudo! Pedir desculpa não chega para tudo o que te fiz passar e sofrer. Hoje sei que ao passar pelos “nossos sítios” ela a amizade está lá! Pode não ser visível ao olho humano, mas no coração estará sempre!! Adoro-te muito mesmo Margarida! Vou fazer de tudo para chegar ao topo novamente, sei que a caminhada ainda será longa, mas com vontade tudo se consegue não é?? E vontade não me falta.

6 comentários:

Mna. Margarida disse...

E eu espero que a vontade continue!...

Espero que não se meta mais nada à frente! =)

--Biscoitinha-- disse...

Estou a ver que somos as duas novas nestas lides dos blogs!...

É verdade, a amizade é das coisas mais importantes da vida! Temos de a saber preservar!

Lilly* disse...

é somos duas novas nestas andanças.looool

com a pratica la vamos indo...

bem margarida maninha nd se irá meter a nossa frente novamente!!
adowo.te muitãaaaaao

Mna. Margarida disse...

Não percebi... Acho que vais ter de dizer outra vez!

--Biscoitinha-- disse...

É mesmo! Ainda me confunde certas coisas, mas nada que me assuste!!

Lilly* disse...

biscoitinha: a mim tb ainda me confunde muita coisa. nd que o tempo n ajude. beijinhos