segunda-feira, 13 de abril de 2009

Como sou


Como conseguir desiludir o pai em 21anos


Ora todos os pais sonham o melhor para os filhos. Como todos os outros, o meu pai também.
O meu pai sonhou: que a filha tivesse sempre boas notas escolares, tirasse o 12ºano,entrando para um curso de matemática, entrasse para a universidade, etc… queria que a filha fosse um exemplo de menina.


A menina foi crescendo… e desiludindo o pai a cada passo que dava. A menina chumbou no 5ºano (a pedido da mãe), não foi uma aluna de 5´s a tudo (só a moral e educação visual e tecnológica), quando ingressou no secundário tinha um sonho (tirar artes), mas o pai não a deixou e ela contra tirou humanidades, aí também não foi brilhantes (a melhor nota era mesmo os 19´s a informática), não concluiu o secundário (pois sem querer engravidou).


Aos 21anos trabalha numa escola primária para tentar dar o que pode ao filho e tira o resto do 12ºano à noite.


Hoje sei que fui a desilusão total para o meu pai. Fui a menina dos sonhos dele tornando-se a menina dos pesadelos.


Sou o que sou porque sou e porque me fazem ser como o sou! (está confuso não esta? É como me sinto)


Não escrevo para agradar a ninguém, não me preocupo se dou erros ortográficos (nunca fui brilhante a português), não me importo se me julguem, pois com as críticas dos outros posso eu bem! (todas as pedras que encontro no caminho junto-as para fazer a minha escadaria).


Não ando neste mundo para ver os outros andar, mas sim para viver. (neste momento ando um pouco à deriva, mas sei que tudo se irá recompor) E muito menos sou exemplo para ninguém!


(isto foi um pequeno desabafo de como ando e me sinto. Isto é como eu sou)

3 comentários:

Mna. Margarida disse...

Coitadinho dele!... 'Tá peroado por tudo o que te fez!...

PFF...

Tu sabes que sou eu, aceita se quiseres!

Mna. Margarida disse...

"Isto é como eu sou"...

Reformula...

Isto é o que ELE te faz sentir ser!...

Quantas coisas boas tu não fizeste já? Houve algum elogio?... Mas tu fizeste coisas boas... Não foi só más!... E o valor disso? ELE não dá pois não?...

Não sei de que te culpas!... Simplesmente ele não nasceu para ser pai!...

(lá está... aceita se quiseres!)

--Biscoitinha-- disse...

Nem sempre os filhos têm de ser o que os pais querem!... E pelo que percebi o teu pai exigiu de ti aquilo que não teve... Estarei errada? Os pais não têm o direito de exigir dos filhos aquilo que não foram, e infelizmente é o erro de muitos pais!